Sistema

O Alvissarismo é um sistema de Filosofia, Política, Economia e Religião, consistindo em um conjunto de elementos filosóficos, políticos, econômicos e religiosos interconectados em uma estrutura formal e organizado sistematicamente de tal forma que a mínima mudança em um dos elementos causaria uma mudança em todos os outros. Esta é a definição do sistema filosófico, político, econômico e religioso do Alvissarismo, ou seja, o Sistema Alvissarista é, por definição etimológica, a “combinação”, o “ajustamento”, a “formação de um conjunto” de pensamentos, ideias, teses, práticas e crenças filosóficas, políticas, econômicas e religiosas agrupados em um todo e codificados em um Livro (Alvíssara). O Sistema Alvissarista possui objetivos filosóficos, políticos, econômicos e religiosos distintos, mas que se estruturam como um todo, tendo como meta final a religação entre Deus e o homem. O Alvissarismo é um conjunto de pensamentos, ideias, teses, práticas e crenças funcionais que se relacionam entre si direta e indiretamente. A integração entre esses elementos filosóficos, políticos, econômicos e religiosos se dá através de um fluxo de informações, reflexões e revelações, ocorrendo comunicação direta e indireta entre os sete volumes que compõem o Livro (Alvíssara). A boa integração dos elementos filosóficos, políticos, econômicos e religiosos dentro do Sistema Alvissarista produz uma sinergia, onde a transformação de um dos elementos provocaria a transformação de todos os outros elementos do Sistema Alvissarista. A alta sinergia do Alvissarismo faz com que seja possível a este movimento filosófico, político, econômico e religioso cumprir sua finalidade na terra e atingir seu objetivo geral com sucesso.