Teologia Crítica

A Teologia Crítica representa a posição metodológica própria do Kantismo adotada pelo Alvissarismo. A Teologia Crítica caracteriza-se por considerar que a análise crítica da possibilidade, da origem, do valor, das leis e dos limites do conhecimento racional constitui-se o ponto de partida da Teologia. A Teologia Crítica tem como objeto o processo pelo qual se estrutura o conhecimento teológico.

Desse modo, em sentido geral, merece o nome de Teologia Crítica a postura que privilegia a investigação dos fundamentos do conhecimento como condição para toda e qualquer Teologia. Para a Teologia Crítica, a pergunta sobre os fundamentos do conhecimento deve ter primazia sobre a pergunta sobre os fundamentos do Ser, posto que, sem os fundamentos do conhecimento não se pode garantir com segurança a validade das proposições teológicas. A Teologia Crítica é uma atitude filosófica que nega a verdade de todo conhecimento que não tenha sido submetido, previamente, a uma detalhada crítica dos fundamentos da Teologia. Neste sentido, a Teologia Crítica apresenta-se como uma Teologia agnóstica. Tal como a Teologia Dogmática, a Teologia Crítica acredita na razão e confia nela; mas ao contrário da Teologia Dogmática, a Teologia Crítica submete a investigação teológica a uma crítica epistemológica.

A Teologia Crítica está fundamentada em postulados e não em dogmas, ou seja, em proposições não provadas ou demonstradas, que são consideradas como óbvias ou como um consenso inicial necessário para a construção e aceitação da religião, que se admite sem discussão, mas que não são dogmas, pois mesmo se apresentando como pontos fundamentais da religião, não são preceitos indiscutíveis nem irrefutáveis; este é o caso da Teologia Alvissarista, que, por estar arquitetada unicamente através de postulados, se torna uma Teologia Crítica e não uma Teologia Dogmática. A Teologia Dogmática é uma Teologia construída através de juízos que se baseiam em proposições que ultrapassam os limites da razão e não reconhecem a sua transgressão, tomando suas afirmativas como assertóricas e apodíticas enquanto na verdade são hipotéticas e problemáticas. A Teologia Crítica é uma Teologia construída através de juízos que se baseiam em proposições que ultrapassam os limites da razão e reconhecem a sua transgressão, tomando suas afirmativas exclusivamente como hipotéticas e problemáticas, jamais como assertóricas e apodíticas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s